Botox

Project Title Project Title

Botox

O uso de toxina botulínica tipo A, inicialmente consagrada mundialmente pela marca BOTOX (Allergan) tem ampla indicação para uso cosmético no tratamento de rugas faciais e para uso terapêutico (estrabismo, blefaroespasmo, torcicolo congênito, hiperidrose palmar e axilar, etc). Atualmente o produto também é disponibilizado por outras marcas como DYSPORT (Ipsen) e PROSIGNE (Lanzhou Institute). É um tratamento simples , seguro e rápido de realizar.

O produto é uma neurotoxina e tem ação sobre as terminações nervosas nos músculos, bloqueando a transmissão do estímulo nervoso, causando uma paralisia local e relaxamento muscular temporário, já que os nervos restabelecem sua função normal posteriormente.

A dosagem de toxina botulínica utilizada nesses tratamentos não deve exceder o que é aceito cientificamente para cada região a ser tratada. Seu efeito ocorre somente no local aplicado, não sendo observado o mesmo efeito em outras áreas do corpo ou qualquer outra alteração clínica (efeito colateral). Entretanto, não deverá ser usado em gestantes e em pessoas que já apresentem alguma patologia muscular ( por ex. miastenia gravis). Pacientes em uso de alguns tipos de antibiótico ou medicamentos para relaxamento muscular também deverão adiar a aplicação. Dificuldade transitória de acomodação visual (diplopia) ou movimentação palpebral (ptose) estão descritas como de ocorrência excepcional.

Nas rugas faciais, poderá ser indicado como tratamento isolado ou associado a outros procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos. Poderão ser tratadas as linhas de expressão da região frontal, glabelar, nasal, orbitária ( pés-de-galinha), oral e cervical. A eficácia do produto dependerá do tipo de pele, da ruga, da força e da massa muscular local e sua utilização na mímica e expressão facial . Pessoas que apresentam padrão muscular muito marcante deverão receber doses maiores do produto para se obter um efeito adequado. Assim, a durabilidade do resultado é dependente da dose aplicada, variando de 4 a 6 meses, em média.

O retorno da movimentação progressivamente não significa perda do efeito, pois isso será gradual. Quando existe assimetria de força muscular, o lado que se movimentava mais antes do tratamento poderá retornar sua função mais precocemente do que o outro lado.

A técnica de aplicação é simples e geralmente indolor, sendo feitas punturas nos diferentes grupos musculares. A proposta atual é de se bloquear seletivamente a ação dos músculos, de forma que não ocorra um aspecto de congelamento da face e perda da expressão facial natural. O procedimento é realizado na clínica e não há restrições pessoais após 4 hs do tratamento, devendo-se evitar exercícios físicos nas primeiras 24hs. A ocorrência de equimoses ( arroxeamento ) nas áreas tratadas é rara. Neste caso deverá ser evitada a exposição solar direta.

O tratamento poderá ser repetido algumas vezes. A primeira aplicação de toxina é sempre a mais sensacional e que causa maior impacto, pois representa algo novo. Nas aplicações subsequentes, o paciente já está acostumado com o efeito e se esquece de como as rugas eram mais evidentes anteriormente. Tem que se considerar que ao longo do tempo a pele envelhece e muda sua estrutura . A ação dos músculos na mímica facial também vai se modificando, sendo que novos grupos musculares vão sendo usados para compensar os movimentos daqueles músculos paralisados com a toxina botulínica. Aplicações repetidas, respeitando-se intervalos adequados (a cada 6 meses, em média), reeducam a movimentação facial, amenizando gradualmente as linhas de expressão, permitindo que doses menores sejam necessárias em tratamentos futuros.

Certamente este método de rejuvenescimento é um dos mais revolucionários da atualidade, propiciando grande satisfação ao paciente pela praticidade e efeito imediato.

Dr. Roberto Sterza

testi4 rsterza@uol.com.br

testi4 +55 (19) 3294 2131

testi4 +55 (19) 3254 4621

Fale conosco