Lifting Facial

Project Title Project Title

Lifting Facial

É a cirurgia que possibilita o rejuvenescimento do rosto e pescoço , podendo ser associado também ao tratamento das rugas da testa, da flacidez das pálpebras e da região perioral.

Este procedimento suaviza a aparência facial, pelo tracionamento do conjunto muscular e cutâneo, retirando-se o excesso de pele sem causar alterações da fisionomia. O conceito é o de resgatar os traços da beleza individual sem modificar suas características naturais.

A tração será proporcional à flacidez cutânea e muscular da face e do pescoço.

Poderá ser feito a lipoaspiração das áreas de gordura localizada , principalmente na região abaixo do queixo, se necessário . A qualidade e manutenção (duração) do resultado dependerão da idade, da textura e do fotoenvelhecimento da pele , dos hábitos e características individuais (stress, uso de cigarro / álcool, exposição solar ).

Outros procedimentos, como o uso diário de cremes com ativos que estimulam a formação do colágeno, o clareamento da pele e a hidratação, uso de fotoprotetores , peelings químicos e de cristal, termo estimulação ( laser / luz pulsada / radiofreqüência / infravermelho ), toxina botulínica e preenchimentos com substâncias biocompatíveis auxiliam a maximizar o efeito e a durabilidade do resultado.

No caso de emagrecimento acentuado pós cirurgia de obesidade, a cirurgia será feita somente após a estabilização final da perda de peso pretendida pela equipe de Gastrocirurgia.

Pacientes fumantes , obesos e/ou diabéticos têm risco aumentado de haver intercorrências cirúrgicas relativas às questões vasculares e cicatriciais. Entretanto estas condições não são contra-indicações absolutas à cirurgia.

O resultado começará a se evidenciar a partir do 1º mês, de acordo com o desaparecimento do inchaço, necessitando no mínimo 6 meses de evolução pós operatória para a melhor definição do mesmo, sendo influenciado pela qualidade da pele.

Cicatrizes

São feitas de modo a ficarem camufladas na área do couro cabeludo e na região auricular, tornando-se praticamente imperceptíveis com a evolução, embora sejam influenciadas pela genética individual , fatores locais e cuidados pós-operatórios.

Anestesia - Internação

O anestesiologista definirá a mais adequada ao caso. Geralmente é a anestesia local com sedação ou a do tipo geral , dependendo da extensão do procedimento.

O período de internação pode ser de 6 à 24hs

Pré-Operatório

Todos os exames clínicos e laboratoriais de rotina.

Se for associada à cirurgia de pálpebras, a avaliação oftalmológica é conveniente. Avaliação clínica e anestesiológica.

Documentação fotográfica da área a ser operada.

Drenagens linfáticas são aconselhadas já nesta fase.

Pós-Operatório

Uso de medicação antibiótica, antiinflamatória e analgésica.

Dolorimento local geralmente discreto.

Deambulação e banho no 1º dia.

Equimoses na região por 20 dias.

Se houver cirurgia palpebral associada não há restrição à leitura e TV , mas poderá haver fotossensibilidade e dificuldade de acomodação visual nos primeiros dias, devido ao edema .

O movimento normal de alguns músculos da mímica facial pode ser afetado transitoriamente, devido ao inchaço que interfere na funcionalidade dos delicados nervos motores existentes nessas áreas. O restabelecimento dessa movimentação ocorrerá normalmente em alguns dias , podendo excepcionalmente se prolongar por algumas semanas.Alterações da sensibilidade cutânea também podem ocorrer. Fisioterapia acelera o processo de recuperação.

O uso de computador poderá ocorrer após 3 dias, mas se for intensivo ou para atividades de trabalho deverá haver certas restrições por 15 dias .

Restrições a tarefas do lar e dirigir por 20 dias e aos exercícios físicos por cerca de 30 dias.

Caminhadas a partir de 15 dias.

Ginástica em academia / hidroginástica após 30 dias .

Exposição solar geralmente após 3 meses.

Drenagens linfáticas são aconselhadas a partir da 1º semana, por 4 a 8 semanas. O cabelo poderá ser tingido após 45 dias .

Documentação fotográfica da região operada a partir do 8º mês.

Curativo por enfaixamento apenas no 1º dia pós -op. A partir de então os cabelos serão lavados normalmente no banho.

Retirada de pontos entre o 4º e 15º dia pós-op.

Após retirada completa dos pontos, iniciar massagens com cremes antiinflamatórios diretamente nas cicatrizes, associado ao uso de uma lâmina de silicone sobre as mesmas, durante 2 meses.

Dr. Roberto Sterza

testi4 rsterza@uol.com.br

testi4 +55 (19) 3294 2131

testi4 +55 (19) 3254 4621

Fale conosco